mostra sesc de artes: ares e pensares

———————————————————————————————————————————————————————

2002 / poema-instalação / mostra sesc de artes: ares e pensares / sesc-santana / são paulo – sp

———————————————————————————————————————————————————————

A C A S O: poema-instalação em E.V.A. vermelho (20m X 5m), com 125 letras (0,45cm X 0,45cm) cortadas a mão, realizado para a exposição Suspensão, no SESC Santana – SP, em 2002, durante a Mostra Sesc de Artes: Ares e Pensares, a convite do Grupo Nova Pasta, coordenado pelos artistas Túlio Tavares e Eduardo Verderame. A montagem só foi possível com a ajuda do artista Ricardo Ramalho, que fixou as letras sobre o barranco, na Pç. Orlando Silva. O trabalho foi construído na chave dos 5: 5 letras, 5 palavras, 5 linhas, 5 colunas, e, apesar do ar concretista, é interessante imaginar as inúmeras possibilidades de leitura que proporciona, são mais de 10.000 combinações possíveis…

Outra experiência interessante foi ver, durante à noite, bandas como Funk como Le Gusta e Mestre Ambrósio se apresentarem em um palco montado em cima do A C A S O. Estranha sensação de ver mais de 1.000 pessoas em frente a um poema-instalação, ainda que não fosse para ver o trabalho que elas estivessem ali! As fotos foram feitas por Luciana Costa.

Um registro desse trabalho também foi publicado em uma revista, integrando uma antologia de poesia ceanrense

+ infos: [https://mileumanotas.wordpress.com/publicacoes-poematicas/2003-2/revista-etcetera/]